O hotel do peixinho, da praia e do aeroporto

O hotel do peixinho, da praia e do aeroporto

14 jan 13
O hotel do peixinho, da praia e do aeroporto

Este hotel em Los Angeles é aquele da polêmica “não garantimos uma cama”, reservado através do Hotwire.

O nome dele é Embassy Suites LAX South (rede Hilton) e com ele mantivemos a relação mais intensa desta viagem de 37 dias pela Califórnia. Talvez possamos até dizer que, por conta da intimidade de 11 diárias, foi uma relação amor-ódio-amor.

Explicamos.

O amor inicial se deve ao fato de termos feito uma excelente reserva pelo Hotwire em termos de preço. Pagamos 89 dólares a diária (com taxas), praticamente metade do valor cobrado pela reserva direta no site do hotel.

No dia da nossa chegada, a surpresa mencionada na abertura deste post e a mudança de planos na hora de dormir. Nunca imaginamos que a Hotwire tivesse uma política de hospedagem desta forma e que a rede Embassy Suites assinaria embaixo de um acordo assim…

Claro que juntamente com este “ódio inicial” a gente acabou ficando ainda mais aborrecido com a cobrança de estacionamento (25 dólares por dia) e da internet, se usada no quarto (10 dólares por dia). Já tínhamos lido sobre isso no site do hotel, mas quando a gente estressa, tudo fica ruim!

Enfim, veio a melhor parte que foi desfrutar do que este hotel tem de bom para oferecer.

Hospedamos aqui 3 vezes durante a mesma viagem e “nossa relação” acabou em amor. De fato, foi o hotel mais lembrado e mais querido para todos da família, especialmente para quem mais nos interessa neste momento: as crianças.

Vamos aos fatos!

Quais são os diferenciais para este Embassy Suites de Los Angeles ganhar este post, um vídeo e um ainda um mapa?

1 – Primeiro a localização, sem dúvida. Apesar de estar grudadinho no aeroporto, ele fica do outro lado, no sul, onde há poucos hotéis. Ele também fica bem no comecinho de uma highway que nos leva a qualquer ponto de LA. Fácil!

2 – A cidadezinha de El Segundo, onde está oficialmente localizado este hotel. A Main Street fica a 5 minutos do hotel e vale uma visitinha. O clima é surpreendentemente de cidade do interior. Só não subestime os 16 mil habitantes de El Segundo. Eles são gente de opinião o suficiente para brigar com o aeroporto e fechar o tráfego aéreo em horários não adequados. Acredita?

3 – Várias praias a minutos de distância também são um enorme diferencial. Para elas, acesso sem highway! A primeira, na ponta da pista do aeroporto, a básica Dockweiler State Beach, 5 minutinhos. Depois, a charmosinha Manhattan Beach, 10 minutos. Um pouco à frente, a tranquila Hermosa Beach, 13 minutos.

4 – A proximidade de vários restaurantes, lojas, farmácias e supermercados. Quem gosta de gastar a sola do sapato pode até ir a pé.  Veja mais sobre isso neste mapa. Bem conveniente!

5 – O fato de poder “fechar a porta do quarto” quando os filhotes dormem para usufruir da saleta. É o que eles chamam de “two-room suites”.

6 – A saleta que oferece uma segunda TV, sofá, mesa para jantar ou usar o computador, geladeira, micro-ondas e pia. Super úteis para aquele relax das crianças antes do soninho, assistir um vídeo, transformar em quarto de brinquedo e usar como copa para o lanche da noite. Usamos muito, todos os dias!

7 – Um café da manhã diferenciado e completo, tipicamente americano, com a possibilidade de um baita omelete feito na hora, excelente para as crianças começarem bem o dia. É o que eles chamam de “cooked-to-order breakfast”.

8 – Um happy hour com bebidas e aperitivos liberados para hóspedes. Uma mão na roda ao chegar de um dia cheio que atividades. Uma taça de vinho para os pais e um suco ou refrigerante para os filhotes acompanhados de snacks proporciona um relax e tanto. É o que eles chamam de “manager’s reception”.

9 – O transfer gratuito aeroporto-hotel-aeroporto. Fundamental para nós que optamos por deixar as bagagens no hotel enquanto estávamos no Texas e depois voltarmos para LA para o retorno ao Brasil.

10 – Uma sala de bagagem segura e grande, para ser usada enquanto fazemos viagens curtas. É o que eles chamam de “luggage room”.

11 – Piscina, sala de ginástica, lojinha de conveniência, restaurante, bar, centro de eventos e business center (este sim com Internet grátis) completam a lista de conveniências. É o que eles chamam de “amenities“.

E sobre os aborrecimentos do começo da estadia?

Bom, a questão da diária do carro foi solucionada de forma simples: estacionamos os carros na rua mesmo. E a questão da cobrança da internet no quarto foi solucionada de forma mista: acessando no Business Center e pagando a tal taxa quando era necessário trabalhar.

E o peixinho, onde entra?

Bom, isto é história do nosso filhote de 3 aninhos. Se ele ouvir a palavra “hotel” a pergunta imediata é: “quando a gente vai voltar no hotel do peixinho?” Por que? Acontece que grande parte da rede Embassy Suites tem uma disposição semelhante, com um grande átrio na área interna.

No térreo, muitas plantas e muitos peixinhos nadando. Ficamos muitas vezes parados neste local “relaxando a vista”.

Interessante, as crianças realmente ficam satisfeitas com coisas que, por vezes, nos surpreendem. Nada de playground, não ganharam kit infantil de presente na chegada e nenhum elemento lúdico decorando o quarto e eles adoraram!

Já incluímos este hotel na nossa próxima viagem com crianças para a Califórnia. E vamos tomar muito mais cuidado para usar o Hotwire!

5 comments

  1. Pra nós que adoramos ver aviões, é um ótimo hotel!

  2. Olá ! Estou cogitando ficar neste hotel e adorei o post. Só uma dúvida: por ser tão próximo do aeroporto, como foi a qualidade do sono ? A janela anti ruído funciona bem ?
    Obrigado !

    • Adriana Pasello

      Oi Harrison! A janela funciona muito bem, mesmo aquelas que são do lado que dá para LAX. Você também pode pedir para ficar hospedado do outro lado que dá para a cidade de El Segundo. Abs

  3. Francine

    Adriana!
    E o priceline? Já usou?
    Tentei em LV e não foi aceito meu lance, depois desisti.

    • Adriana Pasello

      Francine! Nunca usei o Priceline, mas já ouvi dizer de gente que se dá muito bem com ele. Parece que li algo lá no Aprendiz de Viajante, dá uma pesquisada por lá. Bj

Deixe uma resposta para Luciano e Andrea Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *