Museu e criança: 50 combinações perfeitas!

Museu e criança: 50 combinações perfeitas!

10 abr 13


Decidi escrever este post enquanto aguardava um vôo de conexão para o Brasil no ano passado. Um casal de brasileiros de meia-idade sentou-se perto de nós. Como eles também estavam chegando dos EUA, conversamos muito sobre algumas cidades americanas.

Lá pelas tantas, depois de muitas respostas sobre o que fazemos com os filhos (tããão novinhos… tadinhos!) em viagem, eles levaram um susto. Foi quando dissemos que gostamos muito de levá-los a museus.

A reação foi: “Nossa, coitadinhos, a gente detesta museu, detesta coisa velha”. A partir disso, decidi contribuir para desmistificar a questão de museu ser necessariamente igual a “velharia”. Os museus evoluíram em seu conceito original. Há muito tempo são bem mais do que obras de arte dos séculos passados.

Há uma variedade imensa de museus dedicados a outras áreas como: história natural, ciência, transporte, moda, biografia, fotografia, música, idioma, futebol, tecnologia e até… brinquedos! Tudo isso com o acréscimo recente de muita interatividade.

Nada mais natural que esta evolução incluísse também os pequenos curiosos. Por isso, quando viajamos com nossos filhotes podemos ir a um museu tradicional e encontrar programas adequados para crianças que podem explorar aquele acervo de acordo com a sua faixa etária.

E tão interessante quanto um museu “tradicional de adulto” que pensa nos baixinhos são os museus de criança.

Estes são lugares onde o “acervo” é voltado para descoberta e exploração. Geralmente são ambientes lúdicos e educativos que oferecem muita interatividade nas várias exposições.

Há de tudo: simular a realidade, fazer arte, construir engenhocas, encarar desafios físicos, enfim, a ideia por trás de um museu assim é educação com muita diversão. E claro, se no museu “de adulto” suas mãos devem ficar bem longe do acervo, no museu “de criança” o prazer e o dever é colocar as mãos em tudo!

Um bom exemplo deste tipo de museu está no país que é o destino mais popular para brasileiros.

Nos EUAmais de 200 museus especializados no público infantil. Um número invejável. E a tendência é que mais e mais cidades em todo o mundo inaugurem seus museus para atender crianças curiosas e interativas. Há inclusive uma Associação de Museus de Criança!

No mapa estão os 50 museus indicados pela revista Parents como os melhores dos Estados Unidos. Que tal incluir alguns deles na sua próxima viagem? Se você se permitir, poderá voltar a ser criança também e, assim, a diversão é certa!

OBS: Geralmente este tipo de museu se apresenta como “Children´s Museum”. Há, porém, outras formas de serem chamados tais como: “Discovery Center”, “Discovery Museum” ou “Exploration Place”.

—–

Para visualizar o mapa inteiro, clique no botão roxo “ampliar mapa” acima.

Para imprimir e levar na sua viagem, depois de ampliar o mapa, clique no botão com o íncone da impressora localizado bem abaixo do campo de busca.

4 comments

  1. Com certeza. Tem muitos museus legais, seja para crianças ou adultos. O casal de velhinhos tem de rever seus conceitos.

    • Adriana Pasello

      E alguns pais adultinhos também, concorda? 😉

  2. Daniel Figueiredo

    Excelente post. Muito interessante saber que já existem museus preocupados com esse público e que também incentivem outro tipo de consumo cultural na criançada. Será que existem semelhantes no Brasil?

    • Adriana Pasello

      Acredito que o Catavento Cultural em São Paulo seja o carro-chefe no Brasil. Mês que vem teremos posts sobre ele no blog!

Deixe uma resposta para Daniel Figueiredo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *